quinta-feira, 17 de março de 2011

Diferença do texto literário ao não-literário

 Relacionando o texto literário ao não-literário, devemos considerar que o texto literário tem uma dimensão estética, plurissignificativa e de intenso dinamismo, que possibilita a criação de novas relações de sentido, com predomínio da função poética da linguagem. É, portanto, um espaço relevante de reflexão sobre a realidade, envolvendo um processo de recriação lúdica dessa realidade. No texto não-literário, as relações são mais restritas, tendo em vista a necessidade de uma informação mais objetiva e direta no processo de documentação da realidade, com predomínio da função referencial da linguagem, e na interação entre os indivíduos, com predomínio de outras funções.
A produção de um texto literário implica: 
· a valorização da forma 
· a reflexão sobre o real 
· a reconstrução da linguagem 
· a plurissignificação 
· a intangibilidade da organização lingüística 
VALORIZAÇÃO DA FORMA: O uso literário da língua caracteriza-se por um cuidado especial com a 
forma, visando a exploração de recursos que o sistema lingüístico 
oferece, nos planos fônico, prosódico, léxico, morfo-sintático e 
semântico. 
A REFLEXÃO SOBRE O REAL: Em lugar de apenas informar sobre o real, ou de produzi-lo, a expressão 
literária é utilizada principalmente como um meio de refletir e recriar a
 realidade, reordenando-a. Isso dá ao texto literário um caráter 
ficcional, ou seja, o texto literário interpreta aspectos da realidade 
efetiva, de maneira indireta, recriando o real num plano imaginário. 
A RECONTRUÇÃO DA LINGUAGEM: No texto literário, relacionada ao processo de recriação do real, ocorrea desautomatização da linguagem. Assim, pela reinvenção dos 
procedimentos lingüísticos normalmente utilizados no cotidiano, a 
expressão literária desconstrói hábitos de linguagem, baseando sua 
recriação no aproveitamento de novas formas de dizer. O uso estético da 
linguagem pressupõe criar novas relações entre as palavras, 
combinando-as de maneira inusitada, singular, revelando assim novas 
formas de ver o mundo. 
A PLURISSIGNIFICAÇÃO: O trabalho de recriação que se efetiva na construção do texto literário é uma atividade lúdica, uma brincadeira com a linguagem. Por isso, o 
texto literário provoca um prazer estético em seu fruidor, como acontece.  No texto literário, faz-se igualmente um amplo uso de metáforas e 
metonímias, com o objetivo de despertar no leitor o prazer estético. Isto é o que define seu caráter plurissignificativo. nas outras manifestações artísticas.
A INTANGIBILIDADE DA ORGANIZAÇÃO LINGÜISTICA: Uma das características do texto literário é a sua intangibilidade, sua 
intocabilidade. As palavras que foram utilizadas e a maneira escolhida 
pelo autor para combiná-las são próprias de cada texto, e não devemos 
alterá-las sob o risco de mutilar ou comprometer a intenção do autor. 
 
 
 
COMENTEM,beijos, abraços
Rafael Linhares 

Nenhum comentário:

Postar um comentário